R. Roberval Cordeiro de Farias, 346 sala 303 Recreio - Rio de Janeiro - RJ

(21) 2497-5138 comercial@tubus.com.br

ANDTA 100 / 100

ANDAIME ANDTA 100/100:
Inicio da montagem da torre:
dois módulos de andaime e duas tesouras.


PRINCIPAIS COMPONENTES:

Andaime ANDTA 100 X 100
ANDTA 100 X 100

ANDAIME ANDTA 100 X 100 – É um andaime resistente, de fácil arrumação e cujas peças medem 1,00m de altura por 1,00m de largura e com as quais poderão ser montadas torres medindo 1,00m de largura por 1,50m ou 2,00m de comprimento. Sua confecção permite que o trabalhador suba ou desça pela parte interna da torre já que os quadros dos andaimes possuem um tubo base para o apoio dos pés. Fabricados com tubos fornecidos pelas melhores usinas do país são práticos, de fácil montagem e desmontagem. Usando rodízios em sua base poderão movimentar-se torres com altura, não superiores a oito metros.
Unindo-se duas peças do andaime com duas peças de tesoura, inicia-se a montagem das torres.

TESOURA PARA ANDAIME – É composta de duas peças metálicas (cantoneiras) viradas a frio que, através de um rebite no seu eixo, juntam-se formando um conjunto. Fecha-se uma sobre a outra para armazenagem e abrem-se para encaixarem-se nas peças de andaime formando uma espécie de tesoura. Alem de fixaram as peças de andaimes dão um maior contraventamento
aos quadros de andaime na montagem das torres.
São fornecidas nos tamanhos TESO 150 e TESO 200 para a montagem de módulos na base de 1,50m e 2,00m, respectivamente.

GUARDA CORPO – Alem de darem uma maior estabilidade e resistência no movimento lateral das torres, são uma peça primordial na segurança dos operários.

PASSARELAS TA – Pisos metálicos antiderrapantes são a segurança do trabalhador na execução dos serviços.

DIAGONAL ANTITORÇÃO – As diagonais são encaixadas nas peças de andaime em sentido diagonal da torre e sua função principal é a de evitar a torção da mesma, principalmente quando a torre é movimentada sobre os rodízios na execução de serviços a pequena altura. Devem ser colocadas em sentido cruzado, uma em relação a outra. Em torres com mais de 6m de altura a diagonal entitorção é obrigatória e deverá ser colocada a cada 6 m aproximadamente.